FALTA DE LIMITES NA INFANCIA   

Exemplo de imagem
Pessoas prepotentes, arrogantes, orgulhosas. Pessoas que pensam que estão acima das leis, ou que merecem tratamento especial. Sem empatia, não se importam com o sentimento ou necessidades dos outros. Tais problemas podem ter raízes na infância, com crianças cujos pais não conseguiram proporcionar á criança limites adequados.

Quando somos criados num ambiente que consegue propor limites realistas, onde nossos pais impõem consequências aos nossos comportamentos, onde há controle e disciplina, crescemos entendendo e internalizando essas noções. 
Entendemos que não somos excessivamente livres ou que tudo não nos é permitido fazer. Que existirão situações que a resposta será não. Somos ensinados a ter responsabilidades, a ter empatia, a nos colocar no lugar das outras pessoas. Aprendemos a respeitar os direitos e as liberdades dos outros.

Ao contrário, se somos criados em lares de pais muito permissivos, onde eles forneciam tudo que a criança solicitava, onde eles reforçavam comportamentos manipuladores (bastava fazer birra que eles cediam), se fazia coisas erradas não era disciplinada, tudo isso foi internalizado fazendo a criança crescer e se tornar um adulto que não reconhece seus limites.

Pessoas assim podem desenvolver no decorrer da vida, características de egoísmo, narcisismo, exigência e controle. Podem se tornar pessoas impulsivas, com problemas de auto controle, que tem problemas para estabelecer metas de longo prazo, já que não foram ensinadas a esperar. O prazer a curto prazo é seu mandamento primordial. Não há tolerância para nada chato ou rotineiro. Não há autocontrole e nem disciplina.

Essas características podem dificultar muito a convivência com os outros, já que as pessoas acabam se cansando, abandonando ou retaliando esse indivíduo. Seus problemas com limites e controles podem afetar negativamente seu trabalho, e a impulsividade pode descambar para o abuso de substâncias licitas e licitas, comportamentos obsessivos como jogo, sexo, compras e violência. 

Pode haver também uma predisposição para cometer crimes como dirigir embriagado, assaltos, desfalques e outros atos ilícitos. Pessoas assim também tem muita dificuldade em assumir suas próprias responsabilidades, em reconhecer que são a causa de muitos dos seus problemas, e devido a isso tendem a ser muito acusadoras, jogando nos outros a culpa pelos seus infortúnios.
Participe do meu grupo no WhatsApp! Orientações exclusivas, para quem quer desbloquear os motivos inconsciente que sabotam sua vida e Felicidade.
Feito com
Logo da Klickpages